Sindicado Rural e Prefeitura realiza reunião com INTERPA pra discutir problema na medição territorial

O Sindicato Rural e Prefeitura de Areial promoveram na manhã dessa quinta-feira (12) uma reunião com representantes do INTERPA (Instituto de Terras e Planejamento Agrícola do Estado da Paraíba), Prefeito de Montadas Jonas Souza e agricultores residentes nas localidades em questão, para discutir sobre as medições que estão sendo feitas nas divisas no município de Areial com o município de Montadas, que diminuiu significativamente a área territorial, afetando diretamente mais de 50 famílias, que segundo essas medições, deixariam de fazer parte do município de Areial para se localizarem no município de Montadas, gerando prejuízos para as famílias e para o município.

Área de contestação

A Prefeitura de Areial junto com o Sindicato Rural mediaram essa reunião para buscar uma forma de resolver esse problema.

Na reunião os técnicos do INTERPA ouviram os questionamentos dos agricultores afetados da região do Lajedo do Cedro, Furnas e Manguape, que relataram que desde que nasceram, sabem que moram no município de Areial, tendo todos os seus documentos e escrituras de Areial e não queriam que de uma hora para outra, fossem realocados em outro município.

O Prefeito de Montadas Jonas se prontificou a dar o apoio para que essas localidades realmente fiquem no município de Areial, dizendo: “- Não tem sentido Montadas ficar com áreas que todos sabem que pertencem ao município de Areial, não temos interesse algum” Frisou.

O Prefeito Adelson explicou que o município já vem tendo problemas com medições do seu território há vários anos, o que inclusive gerou um processo Administrativo junto ao IBGE que alterou os limites de nosso município com os municípios de Esperança e São Sebastião de Lagoa de Roça, no ano de 2014.

Necessitando de uma solução rápida para não prejudicar o município e os agricultores residentes àquela localidade, a equipe do INTERPA pegou todas as informações e documentos, explicou que existe de fato esse desencontro de informações com relação aos mapas utilizados pelo IBGE e que iriam se reunir com eles pra buscar uma solução. De imediato o INTERPA suspenderá as medições das áreas em contestação evitando prejudicar mais de 50 famílias agricultoras daquelas localidades.

Imprimir